Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Perseguição’

Os crentes são considerados “ameaça à segurança nacional”

Quando Kim Jong Un sucedeu seu pai, Kim Jong Il, a comunidade internacional esperava que a Coreia do Norte diminuísse ou eliminasse de vez uma série de restrições para os cidadãos do país. A posse de Kim Jong II como ditador foi marcada por intensa perseguição e execuções dos cristãos e quando Kim Jong Un assumiu, o mesmo não se repetiu, passando uma mensagem de esperança de um futuro de tolerância no país.

De fato, proibições sobre alimentos ocidentais, como pizza e batatas fritas, e as restrições ao uso de telefones celulares, por exemplo, chegaram ao fim, explica Ryan Morgan, analista do International Christian Concern.

“O novo governante foi mostrado na televisão estatal, sorrindo estranhamente e visitando um parque de diversões”, disse Morgan.

No entanto, os habitantes dessa nação comunista isolada não possuem nenhuma evidência de qualquer melhoria na condição da igreja perseguida. “Não ouvimos qualquer relato de melhora para os cristãos no país e não temos motivos para acreditar que alguma coisa mudou”, revela.

“O regime norte-coreano ainda tem mais de 70.000 cristãos aprisionados em campos de concentração”.

Morgan explicou que um cristão fiel e toda sua família podem ir para a prisão por toda a vida apenas pelo “crime” de possuir uma Bíblia. O analista diz ainda que um recente relatório da Comissão Sobre a Liberdade Religiosa Internacional afirma que o regime norte-coreano está cada vez mais tratando as crenças religiosas como “ameaças potenciais à segurança do país”.

O relatório diz que o regime oferece recompensas para quem fornecer informações que levem à prisão de pessoas envolvidas na distribuição de literatura cristã. O ministério Portas Abertas relata que a segurança nas fronteiras com a China e a Coreia do Sul não é mais a responsabilidade do exército.

“O serviço secreto assumiu a responsabilidade de guardar as fronteiras. Eles pegam os contrabandistas e os forçam a espionar as redes de cristãos na China, especialmente aquelas que ajudam os refugiados”, disse um representante do Portas Abertas.

Os crentes na Coreia do Norte continuam sendo extremamente cuidadosos por causa da perseguição, mas afirmam estarem mais preocupados com seus ministérios do que com o novo ditador. “Os cristãos prestam atenção em Kim Jong Un, mas estão mais preocupados em fazer a obra de Deus”, disse a fonte. “Nosso trabalho não tem sido afetado por estas novas resoluções”. O Portas Abertas indica que a Coreia do Norte ainda está em primeiro lugar na lista dos maiores perseguidores dos cristãos no mundo.

“Acredita-se que pelo menos 25% dos cristãos estejam definhando em campos de trabalho forçados por que se recusaram a adorar o fundador da Coreia do Norte, Kim II-Sung [avô do atual líder].

Qualquer forma de adoração a outra pessoa além do ‘Grande Líder’ (Kim II-Sung) e do “líder supremo”(Kim Jong-II) é visto como traição. Cristãos norte-coreanos são frequentemente presos, torturados ou até mortos por sua fé em Jesus Cristo”, afirma o relatório da organização.

“Metade da população vive no norte, perto da China, onde existe a maior redes de igrejas subterrâneas. Em todo o país, cerca de dez milhões de habitantes estão desnutridos, com milhares de pessoas sobrevivendo apenas comendo grama e cascas de árvore”, finaliza o Portas Abertas.

Fonte – Gospel Prime 

Comentário do Emerson: É estranho tomar conhecimento de algo tão, aparentemente, improvável como isso. Cristãos vivendo em campos de concentração. De imediato vem a nossa mente os dias da Segunda Guerra, ou os gulags soviéticos, até mesmo a não tão distante Idade Média onde cristãos matavam cristãos. O que podemos concluir é que o tempo passa e o ser humano, a despeito de toda experiência acumulada, continua cometendo os mesmos erros.

Para quem sonha com um futuro promissor aconselharia repensar toda a realidade circundante. Vivemos dias obscuros, apesar de toda informação e avanço em todas as áreas da ciência. Houve um homem que disse que seria assim, Ele nos informou que quando voltasse encontraria o mundo nas piores condições possíveis. E a boa notícia é que esse homem, quando voltar, vai começar uma obra de restauração. Esse homem é o mesmo que planejou todo o nosso universo, e está em seus planos concertar tudo aquilo que o pecado desconfigurou. Hoje Ele convida os seres humanos a tomarem parte nessa obra de restauração. O convite foi feito a mim e a você. Qualquer um de nós tem a chance de escolher o lado em que vai ficar. Escolha o seu. Esse homem que nos chama é Jesus, o Cristo que viveu em Nazaré, foi morto por nós mas ressuscitou. Hoje habita as cortes celestiais, o Santuário do Céu onde trabalha na restauração do caráter de Deus nos seus filhos. Terminada essa obra partirá para a restauração de todas as coisas. Escolha hoje, escolha agora.

Anúncios

Read Full Post »

Após uma extensa busca pelo paradeiro de Juma Naradin Kamil, os cristãos da região de Bakool, sudoeste da Somália, encontraram o corpo decapitado de Kamil.

Ele, que fora sequestrado, trazia no corpo marcas de uma execução feita pelo grupo terrorista muçulmano Al-Shabaab.

“É comum a Al-Shabaab decapitar aqueles que abraçam a fé cristã, ou mesmo meros simpatizantes dos ideais ocidentais,” disse um cristão local à agência de notícias Compass Direct News. “Nosso irmão Kamil aceitou a fé cristã há três anos e estava determinado em sua fé em Deus. Sentiremos muito a falta dele.”

O sequestro aconteceu em 21 de agosto, quando três homens da Al-Shabaab forçaram Kamil a entrar em um carro. Muitos cristãos locais acreditam que os extremistas estavam acompanhando a rotina de Kamil, a fim de executarem a tarefa.

A Al-Shabsab tem cerca de 7 mil membros. Eles procuram, através de ameaças e atos violentos, impor uma versão estrita da Sharia, lei islâmica, em todo território muçulmano. O principal objetivo do grupo é eliminar o cristianismo da Somália.

No início deste ano, dois extremistas muçulmanos assassinaram um membro de uma comunidade cristã subterrânea na Somália e também mataram uma mãe de quatro filhos, Asha Salat, por sua fé cristã.

Fonte: Missão Portas Abertas

Comentário: Uma notícia como essa parece até mentira. Como que nos dias de hoje ainda pode acontecer barbaridades como essa. O fato é que não importa o tempo ou o lugar em que se viva, o homem continua sendo o mesmo, e aqueles que possuem requinte para a maldade vão praticar a maldade.

Fica aqui também um alerta para nós que desfrutamos de relativa liberdade de culto. O que estamos fazendo? Pessoas a risco da própria vida tem coragem de abraçar a fé em Jesus e pregar sua palavra, viver seu evangelho. E nós? Continuamos brincando de cristãos? Nós temos um mundo para alertar. O que acontece em países como esse é apenas um vislumbre do que está para assombrar o mundo todo.

E não nos esqueçamos de orar por nossos irmãos que sofrem nestes países intolerantes.

Emerson Freire

 

Read Full Post »